terça-feira, 21 de outubro de 2014

Viajando com bebês!!!! Dicas que vão te ajudar na hora do voo.


VIAJANDO COM BEBÊS OU CRIANÇAS DE COLO!!!!!



viajando com bebê



Resolvemos fazer esse post, pois muitas pessoas nos perguntam como temos coragem de fazer uma longa viagem de avião com criança de colo. 
Sempre respondemos a mesma coisa: adoramos viajar e um filho não é uma desculpa para não fazermos uma das coisas que mais gostamos, principalmente em família.
Lógico que temos que ter alguns cuidados, pois a viagem fica um pouco mais cansativa e temos que respeitar o limite da criança. Mas posso garantir uma coisa, esse medo de viajar de avião é muito mais emocional do que racional. E posso afirmar que sempre é muito bom viajar com nosso filho.
A primeira viagem que fizemos com ele foi para Argentina. Na época ele tinha 9 meses.
Depois,  já fomos para Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte e a última agora, ele já estava com 1 ano e 2 meses, quando fomos para Orlando e Miami.


viajando com bebê de avião



Programando a viagem (dicas):

Antes de tudo, vale registrar que para viagens internacionais, criança de colo, até 2 anos, paga 10 % do valor da passagem. Já em voos domésticos não há essa cobrança. 
Em ambos os casos, não há reserva de assento para a criança, devendo a mesma ficar no colo do responsável.  

1) A primeira coisa que devemos providenciar é a documentação para viajar com seu filho: Em viagens nacionais ou para  a América do Sul (exceção das Guianas) você pode viajar com a identidade (RG) original. Para outras viagens internacionais, será necessário o passaporte.

2) Dependendo da idade e tamanho do seu filho, você pode solicitar o bercinho para a companhia aérea.

3) Saiba que você pode levar o carrinho de bebê até a entrada da aeronave (onde é embalado e eles colocam no bagageiro) e ele não é contado como bagagem. Na saída da aeronave você pode solicitar aos comissários para que  subam com o carrinho, para te entregarem na porta do avião. Cabe ressaltar que algumas empresas aéreas não entregam o carrinho na saída da aeronave, mas sim junto às bagagens comuns, nas esteiras.

4) Em viagens internacionais, vale a pena chegar mais cedo para fazer o check in, assim você conseguirá reservar os primeiros acentos, aqueles que têm um espaço maior para você esticar as pernas.
Outra vantagem de se chegar cedo é, se a aeronave não estiver com as reservas lotadas, nos aviões que têm 3 ou 4 acentos na parte do meio, há chance da empresa aérea intercalar a reserva do seu acento com a do adulto que está viajando com você. Em outras palavras,   dependendo de quem te atender na hora do check in,  há possibilidade de bloquear esse acento do meio, com isso você terá um acento para colocar seu filho deitado.
 Há casos ainda de você pode entrar com o bebê conforto (se ele for adaptável para uso em aeronave).

5) Não se esqueça de providenciar o seguro de saúde para o seu bebê.

6) Em voos longos, de preferência para voos noturnos.
  


viajando com bebê de avião

O que levar na sua bagagem de mão:

1) Trocador de bolsa, pomada de assadura, fraldas,  2 roupas extras, manta, casaco, mamadeira, papinha, brinquedinho para distrair, remédios e vitaminas que seu bebê faça uso. 
Se tiver um tablet ou dvd portátil com algum desenho para a criança, acredito que vale a pena levar.

Mesmo viajando para os EUA, apesar da restrição de liquido acima de 100 ml   para se levar na bagagem de mão, as mamadeiras onde levei suco e as papinhas puderam entrar sem problemas. O leite em pó levei em um recipiente que possuem 3 divisões, assim pude preparar a mamadeira na hora.

Os sucos e as papinhas foram colocados em uma bolsinha térmica onde a temperatura é mantida por até 12 horas.
Na hora de precisar esquentar a papinha, fale com o comissário de bordo que ele providencia para você.

Nunca esqueça que você terá que ter, independente do tempo de viagem (para mãe que não amamenta), pelo menos 2 mamadeiras prontas, uma para decolagem e outra para a aterrissagem, com intuito de evitar dores nos ouvidos das crianças. 

No voo, deixe à mão, abaixo do acento do banco da frente, as coisas que você irá usar com seu filho, lembrando que assim você não terá que ficar se levantando para pegar as coisas durante a viagem, no bagageiro superior.

viajando com bebê  de avião

viajando com bebê  de avião

viajando com bebê  de avião

O que levar na bagagem que despacho:


Além de todas as coisas que farei uso durante a viagem, como meu filho tem alergia alimentar, compramos uma bolsa térmica que mantém as papinhas congeladas por 18 horas. Assim, sempre levamos toda a comida de nosso filho pronta. Com isso não precisamos nos preocupar com sua alimentação durante toda a viagem.
Como nosso filho toma uma fórmula isenta de leite, preferimos levá-la daqui, além de algumas outras coisas especiais que ele faz uso.
Vale a pena, se for o seu caso, pedir ao seu pediatra um atestado de que seu filho possui restrição alimentar devido à alergia (escrito em inglês e português) para anexar na bolsa térmica e levar uma cópia junto com sua bagagem de mão. Eu não precisei usar o atestado, mas é uma garantia a mais de que você não terá problema com sua bagagem.

viajando com bebê  de avião

viajando com bebê  de avião






19 comentários:

  1. Ótimas dicas! Meu filho (5 meses) também é alérgico (leite de vaca) e eu não queria recorrer às papinhas industrializadas em viagens! Qual a marca da bolsa térmica que vc usa? Mantém bem a temperatura? Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei na Casa e Vídeo, no Rio de Janeiro. quebrou um galho. abs

      Excluir
  2. Como fizeram com a cadeirinha para carro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando viajamos para Miami, compramos a nossa lá. Mas creio que, levando daqui, entrará como seu fosse uma bagagem. abs

      Excluir
  3. Na AA vc tem direito a levar o carrinho e o bebe conforto sem contar como bagagem.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Vc costuma levar a comida congelada na mala despachada? Ou na de mão? Vc informa à cia aérea que tem comida? Não teve problema para entrar nos EUA?
    E que bolsa térmica é essa que mantém a temperatura por 18h??
    Vou viajar com a minha bebe, que tb tem alergia alimentar (aplv) e estou meio tensa e perdida com essa questão da alimentação!!

    ResponderExcluir
  5. Nenhum problema de entrar nos EUA com essas comidas, que levamos congeladas. Despachamos 80 % da comida congelada numa bag freezer (bolsa térmica) dentro da mala de viagem (comprei na Casa & Vídeo - RJ)e o restante foi na mala de mão (bolsa térmica.

    ResponderExcluir
  6. Em que tipo de recipiente vcs levam essas comidas congeladas? Potes plásticos? Vidro? Abs

    ResponderExcluir
  7. Vcs utilizaram algum tipo específico de recipiente ou pote plástico mesmo? Obrigada! Abs

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde!
    Qual a marca da bolsa termica que mantem as papinhas congeladas por 18h? Obrigada

    ResponderExcluir
  9. boa tarde! qual a marca da bolsa termica que mantem as papinhas congeladas por 18h? Obrigada

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde!
    Qual a marca da bolsa termica que mantem as papinhas congeladas por 18h? Obrigada

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Vou viajar agora em agosto com meu filho de 5 anos, ele é ige mediado. Estou querendo levar comida para ele no avião, mas estou encontrando resistência da companhia. Como vc fez no embarque? Vc declarou no formulário que levava comida ao chegar nos USA?? Estou meio tensa. Segue meu e-mail salmonbia@gmail.com
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levei tanto na bagagem de mão como na embarcada e sem problemas. Avisei na hora, que era para bebê. abs

      Excluir
  12. Oi, na Argentina foi tranquilo encontrar hotel q disponibilizasse microondas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pedia na cozinha do hotel para esquentar. abs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...