sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Munique e arredores - Alemanha

 Munique - Dicas e fotos


Para quem imagina que Munique é sinônimo de Oktoberfest se enganou. Está cidade (capital da região da Baviera) pode ser visitada em qualquer época do ano e, ao contrário do que se imagina,  encontramos um povo hospitaleiro, sorridente, divertido e que adora tomar um canecão de cerveja acompanhado de um salsichão.
OBS: A cerveja deles é quente.

Onde Ficar:
A praça principal da cidade é a Marienplatz, ou seja, qualquer local ao redor é ótimo, porém muito mais caro do que no restante.
Uma localização boa e com hospedagens mais baratas é ao redor da estação de trem Hauptbanhof: ficamos numa rede de hotéis chamada de Leonardo e fomos muito bem atendidos.
Leonardo Hotel München City Center
http://www.leonardo-hotels.com.pt


Como circular:
Basicamente, conseguimos fazer a maioria das coisas a pé. O que não foi possível, fizemos tranquilamente de metrô (preste sempre atenção na linha que você pegará e para que lado está indo o metrô) ou trem.


Roteiros:

- Parte Histórica:

Iniciando na Praça Karlsplatz (praça com um enorme chafariz na frente) seguimos pela Rua Neuhauser Strasse e Kaufingerstrasse (chamada de zona comercial, nesta rua encontramos várias lojas e restaurante além de inúmeros músicos tocando ao ar livre) até chegarmos na praça Marienplatz onde encontramos a estátua dourada da virgem, Mariensäule.
É a partir dessa praça que encontramos toda a parte histórica da cidade:










 


1) Neues Rathaus:

    Localizada na Praça Marienplatz, foi construída entre 1867 e 1908 em estilo neogótico.


Vista da Marienpltaz do alto da Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora)
Igreja de Nossa Senhora



2) Altes Rathaus: Lar do museu dos brinquedos.






3) Viktualienmarkt: É um mercado com diversas barracas onde são vendidas frutas,  bebidas e comidas. 




4) Residenz: Se localiza entre a Marienplatz e a Odeonplatz. Era um castelo onde ficava a antiga residência dos Reis Bávaros, porém o castelo foi transformado em um complexo de sete pátios onde encontramos o Cuvilliés Theater, Museu de arte egípcia, coleção de moedas entre outros.


5) Hoftbräunhaus: É a cervejaria mais famosa de Munique. Fundada em 1589, foi aberta ao público somente em 1828.

 Durante a 2ª Guerra Mundial  foi bombardeada e reconstruída em 1958.
Foi nessa cervejaria que Hitler começou a divulgar suas idéias do partido nazista.
OBS: Não deixe de conhecer essa cervejaria. Aproveite para comer uma salsicha com repolho ou uma carne de porco, tomar um canecão de cerveja, escutar a típica música da Bavária e, se você se animar, dançar um pouco também, vale muito a pena.
Fomos nela quase todas as noites. Animadérrima. 
www.hofbraeuhaus.de

Cervejaria
Um litro de chopp
CervejariaCervejaria










Outros Roteiros imperdíveis em Munique:


1) Englischer Garten

 O maior parque urbano da Europa fica lotado no verão. Ali você vê de tudo, gente praticando o "surfe" no rio, fazendo piquenique, tomando sol e praticando alguma atividade esportiva.
Dentro do parque encontramos uma área chamada de jardins da cerveja, onde você vê os alemães tomando canecões de cerveja (quente, não adianta pedir gelada) e comendo a típica comida deles.


Parque de Munique

Parque de Munique







   

 


























Saindo dele, podemos andar pelo bairro universitário que inicia na Praça Geschwister-scholl-platz, percorrendo toda a rua Leopoldstrasse e Ludwigstrasse até chegar na Siegestor (porta da Vitória)

Ludwig-Maximilians-Universität e fonte
Siegestor









 






 
 

 

2) Olympiapark: Parque Olímpico construído para os Jogos Olímpicos de 1972.



3) Deutsches Museum: É o maior museu do mundo de tecnologia e engenharia.




ARREDORES DE MUNIQUE (Imperdíveis)




1) Neuschwanstein e Hohenschwangau:

Esse passeio é imperdível. Adoramos e recomendamos a todos. 


O Castelo de Neuschwanstein começou a ser construído por Ludwig II, porém o mesmo não conseguiu vê-lo ser concluído.

Walt Disney se inspirou nele para fazer o Castelo da Cinderela.

Posso dizer que a paisagem é deslumbrante.

Como chegar: Pegamos um trem de Munique para a cidade de Füssen (2 horas).
Em Fussem, saindo da estação, logo em frente tem a parada de ônibus. Pegamos a linha 73. A linha 78 também serve (10 minutos).
No ponto final do ônibus, descemos em Hohenschwangau. Subimos um pequeno pedaço da ladeira e lá tem a bilheteria para comprar ou retirar os tickets para quem comprou antecipadamente.
Aqui você pode comprar somente: o ticket para o Castelo de Neuschwanstein, o ticket para o  Hohenschwangau ou para visitar os dois castelos.
As visitas são sempre guiadas.
Após comprar o bilhete, subimos até o castelo de ônibus. Pode-se também ir de charretes (não estão incluídos no preço da entrada do castelo) ou a pé (por volta de 40 minutos de subida).

Chegando lá, nos deslumbramos com a vista fantástica, andamos pelos arredores, apreciamos a vista, o lago.

Neuschwanstein


Hohenschwangau



 

2) Dachau:


Foi a primeira cidade alemã a ter um campo de concentração.
Como chegar: Pegamos o metro S2 (linha verde) até a estação Dachau.
Chegando lá,  pegamos o ônibus 722 que te deixará na porta do memorial.
Vale a pena fazer a visita guiada ou pegar o audioguia que vai te explicando cada um dos locais de visita.
Caminhamos, observamos os espaços onde ficavam os dormitórios, quantas pessoas juntas dormiam no mesmo local, as cercas elétricas, as torres de observação, os fornos e crematórios. 



Campo de Concentração
"Arbeit Macht Frei" ("O trabalho liberta")
Campo de Concentração











 

3) Schloss Nymphenburg



4) Castelo de Linderhof




Clique aqui para mais informações sobre Munique 

Para saber como montar sua viagem pela  Europa, clique aqui. 

Um comentário:

  1. München é uma cidade realmente boa. Fuja do City Apart-Hotel, é uma porcaria. Se tivesse lido este site antes, certamente ficaria num lugar melhor...

    ResponderExcluir